Projetos

Incentiva e valoriza o trabalho voluntário, promovendo à apresentação de grupos de câmara do PIM em asilos e hospitais – a música levando saúde e qualidade de vida para pessoas em situações limite.

Pontão de Integração Regional - projeto voltado para a valorização e dinamização da rede das culturas da região através de mapeamento e formação de agentes culturais; Lançamento da publicação Raízes do Vale – Cultura Memória e Tradição / PIM Cultural – Oficina e Incubadora produção cultural / PIM Digital – oficinas de cultura digital e audiovisual / Raízes do Vale / Ação Griô – projeto de valorização dos Mestres e da tradição oral local, junto ao ensino formal.

Aulas de instrumentos musicais e prática de conjunto com os grupos: PIM Orquestra e Banda Sinfônica / Orquestra de Cordas / Banda e Orquestra Experimental / Coral infantil e infanto-juvenil / Pontinho de Ludicidade - Musicalização Infantil.

Tem como objetivos contribuir com a implementação qualificada do ensino musical nas escolas (de acordo com a Lei 11769 de 11 de agosto de 2008), com o desenvolvimento das ferramentas de gestão e empreendedorismo cultural, incentivar a cadeia produtiva da música, qualificar os educadores do ensino formal e não formal na didática musical e democratizar o acesso a atrações artísticas na região. São oferecidos palestras e debates sobre empreendedorismo cultural, oficinas de educação musical, mostra artística, além de artistas locais, grupos formados por alunos e professores do evento e Orquestra Sinfônica e Banda Jovem Regional do PIM, anfitrião do evento. Todas as atividades são gratuitas e recebemos participantes de todo país.

Concertos diversos e didáticos em escolas, Igrejas e espaços públicos, tem como objetivo, além da contribuição para a formação de plateia, incentivar os alunos a mostrarem seus talentos e prestar contas a comunidade e aos pais do trabalho desenvolvido.

Tem como objetivo celebrar a vida, a diversidade cultural, além de ser também um momento de mostrar aos pais, a comunidade, o crescimento artístico dos participantes. Acontece todos os anos na segunda quinzena de dezembro, encerrando as atividades do segundo semestre, reunindo no mesmo espetáculo, música e grupos de cultura popular como Jongo, Caninha Verde, Calango, Folia de Reis...

Universitários da Comunidade Judaica de diversas cidades, oferecem gratuitamente, duas vezes por ano (janeiro e julho) para crianças com idades entre 07 e 14 anos.

Estimula a remuneração dos alunos quando se apresentam em eventos sociais e comerciais, complementando a renda familiar e iniciando o processo de profissionalização do futuro músico; Incentivo o estudo de música através de bolsa auxílio para os alunos e monitores que participam da orquestra e da banda.

Incubadora de Áudio Visual trabalha o registro dos eventos e atividades, além de desenvolver materiais audiovisuais próprios.

Jantar Concerto que acontece a cada dois meses, tendo como voluntária Ana Roldão, professora de origem portuguesa, pesquisadora de gastronomia e renomados músicos voluntários, que doam seus cachês.

Baile de marchinhas, com Banda formada por músicos da região, realizado pela Instituição desde 2012, acontece sempre na semana que antecede o carnaval, como as antigas Batalhas de Confete.

Incubadora de elaboração e gestão de projetos - Planeja e realiza os eventos mensais abertos ao público em parceria com a comunidade e artistas voluntários que se apresentam com jovens do PIM.

Parceria com o grupo de cultura popular de Caninha Verde, que utiliza o espaço, uma vez por semana para os ensaios.

Com preços populares, aberta a comunidade, hospeda alunos e professores de outras cidades.

Biblioteca do PIM aberta para a comunidade, iniciativa dos alunos que incentivam o hábito de trocar e doar seus livros.

Oferecido gratuitamente a comunidade, tem como objetivo: Acessibilidade, divulgação da sétima arte, promoção da cinematografia em todos os seus aspectos. Apresentação do panorama de produção recente, curtas-metragens e documentários, bem como homenagens e retrospectivas dedicadas ao Cinema Nacional com curta e longa-metragem. Difundir a arte do cinema; Fortalecer as ações de futuros e possíveis profissionais de cinema, formar plateia; estimular a integração dos artistas estabelecendo uma rede de comunicação.

Parceria com o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, atendendo beneficiários do programa de monitoramento de penas e medidas alternativas a prisão, o que possibilita, além da reinserção do individuo na sociedade, também significativa participação e contribuição nas atividades desenvolvidas. Atualmente, 31 pessoas encaminhadas pelo CPMA, prestam serviço comunitário uma vez por semana, cuidando da biblioteca, recepção, portaria, instrumentos musicais, manutenção e pequenos reparos, limpeza do espaço e cuidados com a horta orgânica e o jardim.

Professores voluntários que doam seu trabalho aos alunos do terceiro ano do ensino médio da rede pública de ensino, para que consigam competir com mais igualdade com os alunos de escolas particulares.

Parceria com o grupo de dança que utiliza o espaço, 03 vez por semana para oficinas e ensaios.

Com preços populares, recebe os alunos de outras cidades, que estudam na Universidade Severino Sombra (USS) através do FIES, PROUNI etc.

Recebe doações de roupas e acessórios e vende por preços populares para os alunos, pais e visitantes.